Categoria: A Cristologia

01- INTRODUÇÃO

É sabido que existe um número incalculável de humanidades que evolui por todo o Universo, encarnando em seus respectivos mundos-escolas, que as abrigam desde as primeiras encarnações como espíritos. Esses mundos-escolas também vão evoluindo, em consonância com as evoluções...

Leia mais »

02- A RAZÃO DA EXISTÊNCIA DO CRISTO

O termo Cristo é utilizado em português para traduzir a palavra grega Khristós, que significa ungido. O termo grego, por sua vez, é uma tradução do termo hebraico Mesiah, transmudado para o português como Messias. Os termos Cristo e...

Leia mais »

03- A VERDADEIRA UNÇÃO

A verdadeira e autêntica unção consiste na contemplação direta de Deus, cuja contemplação permite a própria comunicação com a Inteligência Universal, já que não mais existe um ser que lhe seja superior com quem se comunicar no âmbito da...

Leia mais »

04- O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO MESSIAS

Foi dito em capítulo anterior, que o termo Cristo é utilizado em português para traduzir a palavra grega Khristós, que significa ungido, tendo sido explanados tanto o termo Cristo como o termo ungido. O termo grego, por sua vez,...

Leia mais »

04.01- Os falsos Messias

Como o ambiente terreno ficou saturado dos sentimentos e pensamentos produzidos pela humanidade que seguimos na esteira evolutiva do Universo, o que se explica pela descida dos fluidos largados em nossa direção pelo mundo-escola em que ela habita, sendo...

Leia mais »

05- A VERDADE SOBRE JESUS, O CRISTO

Muitos seres humanos ainda duvidam da existência do Cristo, por isso fazem as seguintes indagações: Jesus, o Cristo, realmente existiu? Não será a sua história um produto da imaginação e da esperança humana por uma vida eterna? Não será...

Leia mais »

05.02- Da encarnação à idade adulta

PARTE II Nasceu em Nazaré, uma pequena cidade da Galileia, provavelmente no ano 750 de Roma, um menino que recebeu o nome de Jesus, não na manjedoura, que é uma das muitas fábulas inventadas, sem muita imaginação, para impressionar...

Leia mais »

05.03- A idade adulta

PARTE X Em suas prédicas, o grande nazareno não poupava os dogmas e os misticismos do credo mosaico, por serem os poderosos sacerdotes do Templo homens devassos, incapazes de respeitar as leis dos homens e as da natureza, que...

Leia mais »

05.04- Da prisão à desencarnação

PARTE XVII Há cerca de dois milênios que Jesus desencarnou, martirizado pelos fariseus, em consequência de infâmias e calúnias assacadas contra esse magnífico pregador do bem e da virtude, preso quando tinha 33 anos, para se ver processar pelo...

Leia mais »
Romae